ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



terça-feira, janeiro 31, 2012

EXATAMENTE O SUFICIENTE




“... Cada família tinha exatamente o que necessitava.” (Êxodo 16:18)


No deserto, Deus supriu o Seu povo com o Maná para que eles não
passassem fome. Ele aparecia milagrosamente a cada manhã: “Todos
tinham exatamente o suficiente. Àqueles que recolhiam muito, nada
lhes sobrava, e aqueles que recolhiam... pouco, tinham o bastante.
Cada família tinha exatamente o que necessitava”.


Você já reparou que há momentos na vida em que as bênçãos de Deus
parecem “alcançar” você? (Dt 28:2). Suas orações estão sendo
respondidas, o laudo do medico é positivo, as contas estão pagas, seu
trabalho está indo maravilhosamente bem, e seus filhos finalmente
estão no caminho certo. Quando isso acontecer, alegre-se e agradeça a
Deus pela Sua bondade.


Mas também há outros momentos em que Ele lhe dá “exatamente o
suficiente” de luz para dar mais um passo. Isso acontece quando Deus
está lhe ensinando a confiar Nele a cada dia (ou às vezes a cada
hora); a provar a Sua Palavra e ver por si mesmo que “... as Suas
misericórdias... se renovam a cada manhã...” (Lm 3:22-23).


O ponto principal é: Deus nunca nos deixa recolher hoje o maná de
amanhã. A Bíblia diz que Ele “suprirá todas as vossas necessidades em
glória” (Fp 4:19) Ele quer que você conte com o Doador e não com o
dom, que confie Nele para suprir todas as suas necessidades e que
espere que Ele extraia boas coisas de situações más.


Em vez de ficar estressado, Ele quer que “... as vossas petições
sejam em tudo conhecidas diante de Deus” (Fp 4:6), que você pare de
se preocupar quando estiver só, porque Ele diz que “... nunca te
deixará nem te desamparará...” (Dt 31:6); que você entenda que
independentemente do que a vida lhe causar, você nunca terá de
questionar o Seu amor, porque ele é “... eterno...” (Jr 31:3).


"...Quanto mais se tem, mais se quer. A verdade é que se contentar somente com o necessário é dádiva de poucos..."

Texto de Danilo Souza 

sexta-feira, janeiro 27, 2012

Jesus, a pessoa mais otimista que já existiu!




Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia.  
Mateus 16:21 

Eu reconheço Jesus como meu Senhor e Salvador. Pela fé que possuo no Palavra de Deus, Ele é o Emanuel, o Deus conosco, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Em Cristo, vejo tudo o que Deus É, e também vejo tudo o que o homem deve ser. E, tendo sido o Salvador uma pessoa otimista, eu próprio desejo ser alguém otimista!

Jesus sabia que suportaria a morte de cruz por toda a humanidade. Por três vezes, ele antecipou aos discípulos o sofrimento que teria que enfrentar (Mt 16.21; 17.23; 20.19). Isso, contudo, não o desviou de sua missão. Otimismo é isso, é ter coragem de enfrentar até mesmo o sofrimento para viver os propósitos de Deus para nossa vida.

Quantas oportunidades você perdeu por ter dado ouvidos ao pessimismo e a incredulidade dos outros. Seja contagiado pelo otimismo de Cristo, que enfrentou a própria morte para nos salvar! Que o exemplo do Salvador lhe encoraje a prosseguir, e cumprir o que Deus determinou para sua vida!

terça-feira, janeiro 24, 2012

Como é que eu posso saber a vontade de Deus sobre ...




Uma das perguntas mais freqüentes que ouvimos é “Como é que eu posso
saber a vontade de Deus sobre ...”. Às vezes é uma questão de
relacionamentos (namorar com esse, ou não; casar com aquele, ou não).
Outras vezes a dúvida é em relação a emprego, mudança de cidade,
escolha de carreira, etc. Às vezes tem-se bastante tempo para buscar
a resposta. Outras vezes a resposta precisa ser encontrada numa
questão de horas.

Seja qual for sua situação, há algumas dicas que podem ajudar. Vários
anos atrás, perguntei a um homem de Deus como tomar uma decisão de
entrar num seminário para me preparar para servir num ministério. Ele
deu as seguintes dicas. Eu as elaborei um pouco mais com passagens
bíblicas que mostram que há um fundamento para todas elas. Há apenas
cinco. Eu as coloco aqui na esperança de que, havendo necessidade,
possam lhe ajudar. Que Deus seja sempre seu guia.

1. Oração

Tiago 1:5-6 Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça a Deus,
que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.
Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é
semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento.

Deus promete dar sabedoria e discernimento a todos que pedem.
Precisamos pedir a Deus. Precisamos pedir com fé. Antigamente eu
orava muito quando precisava de uma resposta ou ajuda, e muito pouco
quando estava tudo bem. Precisamos nos habituar a orar constantemente
a Deus, para conhecê-Lo melhor. Quanto mais nós O conhecemos, melhor
entenderemos a Sua vontade.

Parte da maneira como Deus se revela para nós não é apenas através de
respostas momentâneas, mas, através de um contato prolongado e
profundo. Procure melhorar seu relacionamento com Deus em oração e,
surpreendentemente, você verá que as respostas dEle às suas dúvidas
virão de forma cada vez mais tranqüila e natural.

2. A Palavra

Rom 12:1-2 “transformai-vos pela renovação da vossa mente”

Nossas mentes tendem a fazer decisões baseadas em modelos de
pensamento, e valores anteriores à nossa conversão, ou seja em
valores do mundo. Esses valores podem nos levar a decisões erradas.
Só a mente renovada pela palavra de Deus pode fazer boas decisões.

Podemos procurar passagens que ensinam sobre a nossa dúvida quanto à
vontade de Deus, ou passagens que nos dão princípios bíblicos para
nos guiar. Em tudo, precisamos estar orando para Deus nos orientar.

3. A orientação do Espírito Santo
Salmos 143:10 “Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu
Deus, que o teu bondoso Espírito me conduza por terreno plano.

O Cristão tem o Espírito Santo como guia. Precisamos pedir a ajuda
dEle. Ele provavelmente não falará em meu ouvido. Mas ele tocará em
meu coração e operará em minha mente para me ajudar a conhecer a
vontade de Deus.

4. Buscando Conselhos de Cristãos maduros
Prov. 12:15; (15:14; 18:15; 20:18) “O caminho do insensato aos seus
próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos.”

Em 1 Reis 12, Roboão, um dos filhos de Salomão, um dos homens mais
sábios da Bíblia, ao em vez de escutar os conselhos dos anciãos de
Israel, escutou seus jovens amigos, e assim dividiu ao povo de
Israel. É mais sábio procurar uma pessoa com experiência e bom
exemplo na vida Cristã. Este homem ou esta mulher geralmente terá
melhores condições de nos indicar qual seria a vontade de Deus.

Você conhece algumas pessoas em cujas vidas você vê Jesus? Procure os
conselhos destas pessoas. Novamente, ao invés de esperar para a hora
decisiva, é melhor começar a desenvolver estas amizades bem antes.
Assim, teremos mais confiança na orientação desses irmãos mais
maduros.

5. Portas abertas

Atos 16:6-7 “E, percorrendo a região frígio-gálata, tendo sido
impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na Ásia,
defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus
não o permitiu.”

Paulo queria ir para a Ásia. Deus tinha outros planos. Deus fechou
portas no caminho de Paulo. Paulo acabou indo a Filipos, onde uma
igreja importante foi fundada.

Deus quer nos mostrar o caminho. Só Ele pode nos mostrar a direção
certa. Salmos 25:4-5 “Faze-me, SENHOR, conhecer os teus caminhos,
ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade e ensina-me, pois
tu és o Deus da minha salvação, em quem eu espero todo o dia.”

Se você quer seguir algum caminho, namorar ou casar com uma
determinada pessoa, ou alcançar algum objetivo, se isto for a vontade
de Deus, as portas vão abrir. Se não for, você pode forçá-las, mas
pode depois vir a se arrepender devido ao que encontrar do outro lado
daquelas portas. Esteja sempre atento para a vontade de Deus e para
as portas abrindo ou fechando de acordo com Sua vontade.

E, lembre-se, é mais fácil saber o que uma outra pessoa
realmente quer quando você conhece bem aquela pessoa. Certamente Deus
irá revelar a vontade dEle para nós. Mas, quanto mais O conhecermos,
mais claramente entenderemos e ouviremos Sua vontade. Por isso é bom
desde já buscar conhecer cada vez mais a Deus. Deus te abençoe.

segunda-feira, janeiro 23, 2012

Que o Senhor receba glória e honra em tudo.



"Tenham o cuidado de não praticar suas 'obras de justiça' diante
dos outros para serem vistos por eles. Se fizerem isso, vocês não
terão nenhuma recompensa do Pai celestial."
Mateus 6:1

Jesus encorajou boas obras em seus discípulos (5:14-16). O
motivo era para que Deus fosse glorificado, para que Deus recebesse
o reconhecimento como autor daquelas obras. Às vezes, o desejo de
fazer o que agrada a Deus se mistura com o desejo de agradar aos
homens. Não vemos a reação de Deus, nem ouvimos a sua aprovação. Ao
mesmo tempo, amigos e irmãos em Cristo nos elogiam. Seu desejo é
bom, de nos encorajar a viver o Evangelho. Mas, em tudo o inimigo
trabalha. Se começamos a pensar na reação, nos elogios, no
reconhecimento dos outros, já não é Deus que receberá a glória. Às
vezes, é só isso que o inimigo precisa - tirar a atenção de Deus e
colocar em nós. Sem perceber, quanto mais atenção recebemos, mais
andamos na direção daquela atenção. A voz dos elogios não vem de
Deus e não nos conduz em direção a Deus. Então vem de onde? E leva
para onde?

Que sejamos gratos pelo privilégio de poder servir a Deus. Se alguma obra
na qual participemos lhe agradou ou alcançou a sua vontade fiquemos
satisfeitos. Que Deus nos livre da cilada de pensar que foi pelo
nosso trabalho. Que o Senhor receba glória e honra em tudo.

terça-feira, janeiro 17, 2012

CUIDADO COM SUAS DECISÕES!


 
"Quando judas, que O havia traído, viu que Jesus fora condenado, foi
tomado de remorso..." Mateus 27:3a 
 
Judas esteve com Cristo.
Judas viu os milagres de Cristo.
Judas participou da ceia e comeu com Cristo. Seus pés foram lavados
por Cristo!
Judas se afastou de Cristo.
Judas morreu sem Cristo.

"Então Judas jogou o dinheiro dentro do templo e, saindo, foi e
enforcou-se." Mateus 27:5

Talvez você já tenha andado nos caminhos do Senhor,
caminhado na Sua luz. Talvez tenha exercido algum ministério, ou
estado a cargo de alguma responsabilidade na casa de Deus, mas por
ALGUM motivo você deixou seu coração esfriar e se afastar de Deus.
Talvez os prazeres deste mundo lhe seduziram. 

Promessas de felicidade
e sucesso dispensando a Presença de Deus. Talvez seu coração se
frustrou com irmãos e líderes na casa de Deus. Você se entristeceu e
desanimou. Muitas podem ter sido as razões para esse afastamento, e
muitas coisas buscam nos afastar dos caminhos do Senhor, nos afastar
da comunhão verdadeira com Deus e com Seu povo.

Talvez você reconheça que precisa voltar e ser restaurado, mas não
encontra forças para isto. 
 
Hoje mesmo o Senhor quer falar com você. E também com você que,
embora estando ativo na casa de Deus, tudo parece tão mecânico e
automático, que você não tem mais o temor e amor a Deus. É como
cumprir tarefas, horários, e nisto seu coração está endurecendo para
as coisas de Deus. Saiba de algo: isto lhe coloca numa posição de se
tornar um sério candidato a MORRER ESPIRITUALMENTE. 

O perigo de se
tornar como Judas é que ele não se arrependeu, nem se quebrantou; ele
teve remorso e por isso se matou.

Deus diz em Sua Palavra que o Seu desejo é que ninguém se perca, mas
que TODOS SEJAM SALVOS.

 "Isso é bom e agradável perante Deus, nosso
Salvador, que deseja que TODOS os homens sejam salvos e cheguem ao
conhecimento da verdade." I Timóteo 2:3,4

 O afastamento de Deus e dos
propósitos de Deus somente traz DOR, TRISTEZA, e num grau mais
avançado, o PIOR DE TODOS, A MORTE ESPIRITUAL!

Em nome de Jesus, reconheça que você precisa da ajuda do Senhor, e
busque sinceramente ser restaurado por Ele, na comunhão com Ele,
porque sem Ele não podemos fazer NADA. 
 
"A seguir, levantou-se e foi para seu pai. Estando ainda longe, seu
pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e
beijou." Lucas 15:20 

O Senhor não irá lhe julgar. O Senhor não irá
lhe condenar. Ele lhe receberá de braços abertos, assim como este pai
recebeu seu filho que o havia deixado, mas que, arrependido,
retornou. No entanto, ele precisou retornar para ser restaurado.
Ouça o que o Espírito Santo está falando. É sua a decisão. Viver em
remorso, o que leva a se afastar ainda mais de Deus, e ficar mais
perto da MORTE espiritual, ou viver plenamente o que Deus tem pra
você. 

"Busquem o Senhor enquanto é possível achá-Lo; clamem por Ele
enquanto está perto. Que o ímpio abandone o seu caminho, e o homem
mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá
misericórdia dele; pois Ele dá de BOM GRADO O SEU PERDÃO." Isaías
55:7 

Escolha o caminho de Deus e viva!

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Constituir família, o sonho de (quase) todo cristão




 Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, 
e serão ambos uma carne.
Gênesis 2:24 
Desde que o ser humano foi criado, Deus o fez como um ser social. Lemos no relato da criação que a humanidade foi diferenciada em gênero como macho e fêmea (Gn 1.27), e que estes se uniriam, tornando-se ambos uma só carne (Gn 2.24).

Embora reconheça que Deus escolha algumas pessoas para viverem pelo Reino, sem constituir família (Mt 19.12), a maioria dos cristãos irá iniciar um lar em algum momento de sua vida. E é necessário que essa decisão seja tomada de forma consciente, pois a vida a dois é muito diferente da de solteiro.

Se você já constituiu um lar, espero que este texto lhe reforce a necessidade de fazer a sua família cumprir os propósitos de Deus. Caso ainda não tenha entrado neste negócio, que o Senhor lhe ajude e oriente enquanto se prepara para esta tão importante decisão.

domingo, janeiro 15, 2012

O Senhor Jesus sempre foi e sempre será a Verdade



"Seja o seu 'sim', 'sim', e o seu 'não', 'não'; o que passar
disso vem do Maligno."
-- Mateus 5:37


Hoje a "mentira social" virou praxe no trabalho e em
relacionamentos. O chefe manda a secretária dizer "Ele não está
aqui" quando não quer atender um telefonema. O amigo diz "Eu vou!
Eu vou!" ao convite, quando de fato não predende ir. A verdade,
quando falada diante de um tribunal, ou numa conversa casual, abre
portas e fecha outras. Ela sempre conduz para um caminho. É o
caminho pelo qual o discípulos precisa andar. Pessoas reagem à
verdade. É por isso que temos medo de dizê-la. Um relacionamento,
um emprego ou uma vida podem tomar um rumo indesejado se falamos a
verdade. Temos medo de perder admiração ou aceitação, um amigo ou
um emprego. Então mentimos e matamos a verdade. Mas, sem perceber,
toda mentira, por menor que seja, leva a um falso caminho. Esse
falso caminho, quando trilhado, passo a passo, só leva a um lugar -
o destino do pai da mentira e de todos os mentirosos (Apoc 21:8).
Que a nossa palavra seja sempre uma só, aquela que pode ficar em pé
com Jesus, unida com ele, seja qual for a consequência. Quanto mais
ela pode ofender, mais devemos tomar cuidado para que seja falada
com amor e consideração. Porém, ela tem que ser falada. Na vida do
discípulo só tem um caminho - a verdade. Somente o discípulo
conhece a Verdade que leva ao caminho da vida eterna. É por isso
que a verdade é tão importante para nós.

ORAÇÃO:

Amado Pai, ajude-me a sempre falar a verdade, especialmente
quando não for conveniente. Conceda-me coragem para falar e
consideração para comunicar o que o Senhor deseja que eu fale. Que
eu posso refletir nas minhas palavras e nas minhas ações o Senhor
Jesus, que sempre foi e sempre será a Verdade. Em nome de Jesus eu
oro. Amém.

sexta-feira, janeiro 13, 2012

"Eu odeio odivórcio"





"Foi dito: 'Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhecertidão de divórcio'. Mas eu lhes digo que todo aquele que sedivorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que elase torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estarácometendo adultério."-- Mateus 5:31-32

Estes três versículos têm sido estudados e analisados porperitos e pastores e por pessoas em casamentos em conflitos desde oprimeiro século. Estas palavras deveriam ser estudadas mais por namorados, noivos e todo casal bem casado antes que o espectro do divórcio se levante no horizonte. Uma coisa que ninguém discute e que Deus declarou incisivamente pelo profeta Malaquias: "Eu odeio odivórcio" (Ml 2:16 NVI).

Muitas pessoas só podem ler estas palavrascom lágrimas nos olhos. Marido e mulher, filhos, sogros e irmãos,todos pagam um preço terrível pelo fim de um casamento. E ninguém,quando fez seus votos, queria que terminasse assim. Por incrível que pareça, as palavras de Jesus aqui foram ditas para proteger a parte que geralmente mais sofre (a mulher). Elas foram faladas também para motivar ambos a fazerem todo esforço para preservar a mais importante união que pode ser decidida entre dois seres humanos. Entretanto, há casamentos que serão estragados ou que nunca deviam ter sido consumados. Quando houver pecado, que Deus nos conceda arrependimento para mudar e misericórdia para perdoar -e a fé para acreditar num Deus que perdoa e que um dia fará todasas coisas novas (Apoc 21:5).

ORAÇÃO:

Nosso Senhor, abençoe seus filhos ainda casados com adeterminação de fortalecer seus laços de matrimônio. Para aqueles que já passaram pelo divórcio, conceda arrependimento e perdão conforme a necessidade. Por favor, cure as feridas, especialmentenas crianças, e dê a cada um o conhecimento do amor de Jesus e a fépara permanecer em união com Ele até que todos cheguem à grandere-união no nosso lar celestial.

quinta-feira, janeiro 12, 2012

100% Puro



"Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno. E se a sua mão direita o fizer pecar, corte-a e lance-a fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ir todo ele para o inferno." Mateus 5:29-30 

 Aqui é reconhecido pela maioria dos intérpretes que Jesus está usando hipérbole. Ou seja, ele está exagerando para de chocar seus ouvintes. Deus não espera que literalmente cortemos mãos ou arranquemos olhos. Se o desejo de cometer adultério nasce na mente (vv. 27-28), cortar uma parte do corpo não vai removê-lo. O ponto de Jesus é como precisamos ser radicais em tratar o pecado. Há muitas coisas que são convenientes, úteis e até boas como cinema, TV, Internet e passeios na praia. Mas, se estas coisas nos colocam em situações em que acabamos cedendo à tentação, precisamos ser radicais com elas. Está com dúvidas sobre alguma pessoa, alguma situação, algum hábito ou passatempo? Se estiver com dúvidas, é melhor parar enquanto há tempo. É possível viver sem TV, sem Internet ou qualquer outra coisa que se torna caminho para a destruição da sua alma. Esta perda agora se compara com a perda da sua vida eterna? Se você não trocaria sua alma por toda a riqueza no mundo inteiro, faz sentido trocá-la por um pouquinho de prazer?

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Fidelidade e Segurança



"Vocês ouviram o que foi dito: 'Não adulterarás'. Mas eu lhes
digo: Qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu
adultério com ela no seu coração."
 Mateus 5:27-28



Certa vez um jovem foi pedir conselhos a um homem sábio. O sábio quis testar o caráter do rapaz. Ele perguntou: "Imagine que você nunca seria pego e ninguém seria prejudicado. Se estas circunstâncias fossem garantidas, você mentiria por R$10.000 ?"
O jovem respondeu, "Por R$10.000, se ninguém soubesse e ninguém fosse prejudicado, sim, eu mentiria." O sábio balançou a cabeça e falou: "Só mais uma pergunta. Você mentiria por dez centavos?" O jovem reagiu indignado "Que tipo de pessoa você acha que eu sou?" O sábio respondeu. "Eu já sei que tipo de pessoa você é. Estou apenas
tentando estabelecer seu preço." Muitos não são levados a cometer
adultério ou fornicação, mas, o desejo dentro deles ainda os leva a
imaginar esses atos. Nas suas mentes o ato é concretizado. No fim
das contas um é igual ao outro. Cada um tem seu preço. Cada um tem seu
lugar de cometer o ato. O pecado escondido na mente tem um atrativo
especial. Ninguém vê e ninguém sabe. O pecador escapa da humilhação
de ter que enfrentar suas iniqüidades e ainda se engana com a idéia
de que "não houve vítima". Houve. E a vítima foi ele. A mentira de
Satanás encobre a verdade que muitos só no dia do juízo descobrirão
- todo ato real ou imaginário será revelado e julgado:


 Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, 
o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, 
e manifestará os desígnios dos corações; 
e então cada um receberá de Deus o louvor. 
1 Coríntios 4:5 


Talvez nenhuma outra palavra do Senhor revela o quanto carecemos da
graça de Deus e quanto precisamos da purificação que só Jesus pode
trazer aos nossos corações. Ore a Deus e busque a força de Jesus e
o poder do Espírito Santo, porque só Eles podem lhe livrar desse
mal. Este desejo Jesus tem. Cabe a nós reconhecer o quanto
precisamos da ajuda dEle.



terça-feira, janeiro 10, 2012

A importância do amor



O amor é a essência da vida, é a causa de tudo, é a vida cristã.
 Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito. Não é possível pensar em vida cristã sem amor. Uma não existe sem a outra. Jesus disse que nos tornaríamos conhecidos no mundo através do amor. O amor é credencial dos discípulos de Cristo.

A ocasião em que mais nos parecemos com Deus, é quando amamos. . .

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna 
João 3:16

Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. 1 João 3:16


Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Quem não ama a seu irmão está morto e não tem a vida eterna. Sabemos que passamos da morte para a vida porque amamos os irmãos. 

Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor

 I Jo 4:7-8;

 Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. 
1 João 3:14

 Jesus foi o maior exemplo de amor. Se definitivamente o imitarmos, o curso da história será mudado.

Eu e você fomos chamados para servir em amor. Este é o nosso destino e a razão da nossa existência para a glória de Deus!

Como o Sabão....

 

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim;
 e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou,
 e se entregou a si mesmo por mim" (Gálatas 2:20).

Um fabricante de sabão e um pregador estavam caminhando juntos em uma rua de uma cidade grande.
 O fabricante de sabão falou de modo natural: "O Evangelho que você prega não tem produzido resultados, não é verdade?
 Veja só... existe muita maldade e muitas pessoas más neste mundo!" O pregador se manteve calado até que passaram por uma pequena criança que, muito suja, brincava com lama na rua.
 Aproveitando a oportunidade, o pregador disse: "eu vejo que o sabão não tem ajudado as pessoas no mundo.
 Existe muita sujeira e muitas pessoas sujas também. Veja só aquele menino!" O fabricante de sabão disse: "Oh, bem, o sabão só funciona quando é aplicado".
 O pregador comentou: "Exatamente, e assim também acontece com o Evangelho".

O que tem sido o Evangelho de Cristo para nós? Uma Palavra que lemos? Uma Palavra que pregamos? Ou uma Palavra que lemos, pregamos e aplicamos em nossa vida espiritual?

De que adianta eu falar que Cristo é amor se eu não demonstro amor em minhas atitudes? De que vale eu mostrar ao perdido o Caminho se, constantemente, estou andando por outros lugares? 
De que me serve falar que o Senhor morreu na cruz para nos dar vida em abundância se eu vivo murmurando por todos os cantos como se a minha vida fosse insignificante?

A minha pregação do Evangelho só produzirá resultados se ele estiver aplicado em minha própria vida. O mundo só será transformado por minha pregação se eu deixar que o Senhor me transforme primeiro.

Assim como o sabão retira a sujeira de quem o usa, deixemos que o Evangelho de Cristo nos purifique para que a nossa pregação alcance os corações e produza vidas plenas de felicidade neste mundo. 

Violação da unidade da carne no casamento



Não podemos ficar presos ao Passado



 


Para tudo há um tempo debaixo do céu, há um momento para cada detalhe acontecer!
Aos poucos, a historia da nossa vida vai sendo tecida.






É por sermos únicos e especiais ao olhos de Deus que não podemos deixar que nada e ninguém roube a certeza de sermos Amados e cuidados pelo Pai.


Muitos hoje se martirizam e ficam remoendo coisas que viveram no passado. Situações de pecado, de brigas, de desentendimentos, situações que insistem em trazer a tona em seu coração.

Enquanto não cortamos o cordão umbilical com o nosso passado não conseguimos viver bem o nosso presente!


Experimente a partir de hoje pedir a Deus a cura do seu passado, dos seus ressentimentos, dos seus traumas e medos.

O Senhor te fez para ser livre e para ser Feliz! Tudo o que te prende e te faz chorar hoje o Senhor quer te libertar e de dar um ânimo novo para prosseguir sem mais olhar para trás.


Faça este propósito com Deus e peça em oração:

Senhor Jesus, eu te dou Livre acesso ao meu passado para que possas me curar e me fazer homem novo Senhor!
Não quero mais estar preso ao que já passou pois meu passado não é maior do que os planos que Tu tens para mim!

Hoje é o tempo da graça, agora é o momento de declarar Hoje Livre Sou!

A melhor receita para ser feliz é viver o hoje bem vivido na presença de Deus!

segunda-feira, janeiro 09, 2012

Na Tua Luz, vemos a Luz



Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.  Salmos 36:9 -


O salmista Davi mostra o contraste entre os prejuízos causados pela maldade humana e os benefícios produzidos pela bondade divina. Dentre eles, Davi destaca a luz do Senhor: "Pois em Ti está o manancial da vida. Na Tua luz, vemos a luz." (Salmo 36:9).A luz é, provavelmente, a energia mais poderosa encontrada na criação. A criação da luz precedeu todas as outras dimensões da obra divina, inclusive a vida. Por isso, na história humana, não tem faltado tentativas várias de imitar a luz ou de substituir a luz. E as entidades que não querem obedecer à vontade do Criador têm feito o possível para nos convencer das grandes vantagens das trevas. É bem verdade que na ausência da luz o clima é ideal para o crime, para a corrupção, para todas as injustiças. Aquele que peca precisa das trevas.Jesus deixou claro que Seus discípulos são "a luz do mundo". Por causa disso, disse Ele, as trevas do mundo odeiam os cristãos obedientes. Principalmente porque as pessoas, ao perceber a luz do Cristo em nós, naturalmente "glorificam ao Pai que está nos céus". Logo, a luz que recebemos não é apenas para o nosso benefício. Não é apenas para garantir ambiente espiritual em nossos templos. Fomos "chamados das trevas para a maravilhosa luz" do Senhor. Quando recebemos a luz do Cristo e a refletimos para a saúde espiritual dos outros, confirmamos "o manancial da vida". E concordamos com o salmista: "Na Tua luz, vemos a luz".

sexta-feira, janeiro 06, 2012

Não busque a felicidade, seja feliz!



Não digo isto como por necessidade,
 porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Filipenses 4:11

É uma tendência natural do ser humano deixar o melhor para o futuro. Lembre-se de quantas vezes você disse assim: “ah, quando eu comprar isso, aí sim eu serei feliz” ou quem sabe “quando eu encontrar um(a) namorado(a), então eu serei completo”. Não será! Felicidade não é o que temos, mas é aquilo que somos!

Foi através do apóstolo Paulo que pude entender o que significa ser feliz. No capítulo 4 de sua carta para a Igreja da cidade de Filipos, ele disse: Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece”. (Fp 4.11-13)

Felicidade é estar contente em qualquer situação. É descobrir a possibilidade de sentir-se feliz na presença de Deus (Fp 4.6).

terça-feira, janeiro 03, 2012

A Angústia do Cristão e as Escrituras


Salmo 4 

Ultimamente, algumas notícias têm me abalado. Não me refiro a catástrofes naturais, a crimes terríveis reportados nos jornais ou ao rumo das eleições do nosso país. Estou chocado com os rumos da igreja. Digo “igreja” de um modo genérico, pois muito do que se apresenta com tal nome nenhuma semelhança guarda com a igreja de Cristo descrita nasEscrituras. São, em vez disso, covis de malandros que, com linguagem marcada por termos extraídos da Bíblia e com promessas de fazer inveja aos políticos mais mentirosos, enganam pessoas desesperadas em busca de soluções para o seu dia a dia, sem buscarem soluções para o pecado que as separa de Deus.

Fora a tristeza de ver ladrões fazerem comércio das pessoas enquanto se dizem servos de Deus, cumprindo, assim, o que foi predito por Pedro (2Pe 2.1-3), os afazeres cotidianos que se acumulam uns sobre os outros e a falta de efeito de diversos investimentos também têm me cansado e me angustiado. Coisas de tirar o sono.

Nesses momentos, eu me lembro do Salmo 4. Nele, Davi se dirige ao Senhor chamando-o de “Deus da minha justiça” e lhe diz: “Na angústia, me tens aliviado; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração” (v.1). Sabendo que o contexto do salmo nos leva a Davi em um momento de tristeza, preocupação e angústia, há três verdades nesse texto que sempre me alentam.

A primeira delas é que o Senhor trata os seus servos de modo especial (v.3). O texto diz que Deus “distingue para si o piedoso” (ARA) ou que ele o “escolheu” (NVI). A palavra hebraica palah, na forma em que se encontra, significa “separar” ou “tratar com preferência”. Assim, apesar de o mundo ser até mesmo inóspito para os cristãos, o Senhor nos trata da maneira característica que os pais tratam seus filhos.

A segunda é que o Senhor é o alvo da nossa confiança (vv.4-6). Nesses versículos, Davi diz que o servo de Deus não deve agir mal quando recebe o mal; antes, deve refrear seus impulsos devido ao louvor que rende ao seu Deus. Diante de uma instrução tão contrária aos impulsos humanos, ele imagina alguém se lamentando e perguntando quem, então, poderia estabelecer a justiça onde ela foi corrompida. A resposta vem na forma de uma oração em que o rei clama: “Senhor, levanta sobre nós a luz do teu rosto”. É um pedido munido de esperança na fidelidade, no poder e na capacidade de Deus de, um dia, trazer à luz a justiça que agora nos parece natimorta.

A terceira verdade é que o Senhor dá a alegria verdadeira (v.7). Davi relata, aqui, seu próprio relacionamento com Deus e sua experiência pessoal, lembrando ser ele alguém que passou por inúmeras tristezas e injustiças. Ele compara a alegria que o Senhor lhe deu à alegria dos homens quando o Senhor “lhes dá fartura de cereal e de vinho”. Uma tradução literal é: “Deste-me alegria mais do que o trigo e o vinho delesao se multiplicar”. Em resumo, a alegria gerada pela prosperidade financeira não era superior à que Deus produzia em Davi ao se relacionar com ele.

O resultado da contemplação dessas verdades pelo salmista produzia nele o mesmo que produz em mim: paz e segurança. Isso é revelado no v.8, quando Davi diz: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro”. A insônia do rei – e a minha – são curadas ao lembrar do tratamento que recebemos do nosso Pai celestial e do relacionamento que nutrimos com ele por meio do Senhor Jesus Cristo.

Que tais verdades alentem e produzam esperança em cada um de nós, servos de Deus, e que, nas nossas horas de meditação noturna... zzzzzzzzzzzz...

Texto de Pr. Thomas Tronco

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Buscar a felicidade ou ser feliz?




Após um final de semana festivo, já chegamos em 2012. É o tempo em que, após sararmos dos exageros das comemorações, nós aproveitamos para planejar o ano e estabelecer os objetivos a serem alcançados. É neste período em que estamos com o coração aberto para refletir sobre algumas questões um pouco mais profundas de nossa vida, e obviamente, o assunto FELICIDADE naturalmente irá surgir.

A felicidade é a busca suprema de cada ser humano. Todos nossos esforços em vida, sejam eles legítimos ou não, refletem nosso desejo de experimentar essa satisfação interior que nomeamos como FELICIDADE. Nesta busca, alguns iniciarão jornadas em busca daquilo que o nosso mundo pode oferecer; outros, buscarão encontrar aquilo que, apesar de invisível aos olhos, é real, que é a presença de Deus.

Que através da Bíblia Sagrada, a gente possa descobrir o que Deus tem planejado para nós!