ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



terça-feira, abril 05, 2011

JESUS E OS TRANSGRESSORES

Está escrito: ‘E ele foi contado com os transgressores’; e eu lhes
digo que isso precisa cumprir-se em mim. Sim, o que está escrito a
meu respeito está para se cumprir”. Os discípulos disseram: “Vê,
Senhor, aqui estão duas espadas”. “É o suficiente!”, respondeu ele.
Lucas 22:37-38

O que estava para se cumprir sobre Jesus era sua morte entre dois
criminosos na cruz. Estes eram os “transgressores”. A rejeição de
Jesus já havia começado e estava caminhando rapidamente para seu
desfecho trágico.

Mas, os discípulos também seriam rejeitados e tratados como
“transgressores”. A diferença é que Jesus estava preparado e pronto
para ir à morte. Os discípulos ainda pensavam em lutar para se
proteger. Eles entenderam literalmente as palavras de Jesus sobre a
espada.

A Revista e Atualizada traduz melhor a resposta do Senhor: “Basta!”.
O que ele está dizendo é “Chega dessa conversa!” Jesus não iria pelo
caminho da luta armada, nem fugiria do seu destino. Vivemos numa
época de bastante tranqüilidade para muitos Cristãos. Apesar da
violência generalizada dos grandes centros urbanos, não é por motivo
de fé em Jesus que a maioria de nós sofremos agressões.

Mas, este dia pode chegar, e talvez antes do que esperamos. Quando
esse dia chegar, a melhor defesa é a armadura de Deus (Efésios
6:10-20). Será que estamos fazendo os preparativos necessários para
esta guerra? Será que estamos perseverando em oração, e levantando
nossas vozes contra a perseguição daqueles que hoje são tratados como
“transgressores” por causa de Jesus? Veja mais em
www.portasabertas.org.br

Oremos: Senhor dos Exércitos, dê a seu povo a visão para enxergar
quantos dos nossos irmãos já sofrem perseguição e até morte por causa
de Jesus. Abra nossos olhos e ouvidos, Pai. Dê-nos corajem para
denunciar a injustiça contra seu povo. Que possamos ser defensores
dos seus filhos perseguidos, onde quer que eles se encontram. Em nome
do Rei, oramos. Amém.

Texto de Dennis Downing

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita deixe seu comentario