ESTUDOS BIBLICOS









Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

terça-feira, março 01, 2011

“EU SOU FILHO DO MEU PAI!”


Existe um enorme problema hoje em dia, chamado “orfandade de pais vivos.” Não se trata da ausência de pais ou a capacidade de se ter filhos. O pai e a mãe não estão perdidos, pelo contrário, estão vivos, mas para os filhos são como se não estivessem.
Geralmente quando se faz o teste de paternidade não é a mãe que é procurada porque ela deu à luz a criança. É pelo teste do DNA do pai comparado com o DNA da criança que se descobre quem é o pai daquela criança.
Contudo “o DNA na verdade determina não a paternidade da criança, mas a sua ancestralidade, ou seja, não apenas quem foi o pai, mas os pais, avós, bisavós, etc.” (Prof. MsC. Dalton Gerth)
Nossa identidade não depende de nosso DNA, ou seja, nossa identidade não depende de quem nós descendemos.
Tenho pensado muito acerca da importância de conhecer Deus como Pai. Sobre a razão pela qual Satanás tentou matar Jesus Cristo, o Filho de Deus. 
Tenho buscado nas Escrituras e é obvio que assim como Deus o Pai interagia com Seu Filho, Ele também deseja interagir conosco. 
Jesus não buscou Sua identidade em José ou Maria. Jesus conhecia quem era Seu Pai e que importava “cuidar dos negócios do Pai.”
O problema referido de ser órfão de pais vivos que tem causado tantos conflitos em nossas sociedade encontra solução imediata na vida daquele que passa a conhecer Deus como Pai.
É da mais alta importância que você e eu possamos dizer: “Eu sou filho do meu Pai”. 
Por que dizer e entender que sou filho de meu Pai é tão importante?
I - Identidade
Geralmente muitos não dão importância a Mateus 3:16-17: 
“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus que lhe dizia: Este é meu Filho amado, em quem me comprazo”. 
Este é o cumprimento do Salmo 2:7-8, que diz: “Proclamarei o decreto do Senhor: Ele me disse: Tu és meu Filho, eu, hoje, te gerei. Pede-me, e eu te darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão”. 
Deus testificou que Jesus era seu Filho. Antes de nós podermos dizer: “Eu sou filho do meu Pai”, temos que primeiro ter o testemunho do nosso Pai. 
João 5:37 diz: “O Pai que me enviou, esse mesmo é que tem dado testemunho de mim”. 
Qual é o testemunho do Pai acerca de você? 
João 1:12-13
12 “Mas, a todos quantos o receberam, deu- lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, 
13 a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”. 
A Mensagem diz: Mas qualquer que o quis, que creram que Ele era quem disse ser e que fariam o que Ele disse, Ele os fez autênticos verdadeiros filhos de Deus. 
Estes são os nascidos  de Deus, não da vontade da carne, não do sangue ou um mero resultado de desejos sexuais. 
Gálatas 4:4-7  diz: “Vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da lei, a fim de redimir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a adoção de filhos. E porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: “Aba Pai”! De sorte que já não és escravo, porém filho; e sendo filho, também herdeiro por Deus”.
Por que matar Cristo? 
Sim, porque Ele era o sacrifício que tiraria o pecado do mundo. Esta é a razão pela qual Ele veio, para dar a Sua vida em resgate de muitos. “Mataram o Principe da Vida”. Se Satanás e os principados soubessem jamais teriam crucificado a Jesus.
Jesus deu a Sua Vida enquanto o inferno pensava que estava destruindo Aquele que Lhe deu origem. Deus não pode morrer. Deus não morre. Ele ofereceu Seu Sangue para resgatar Sua Igreja, Seus filhos, homens e mulheres. (coneferir Atos 20:28)
Jesus Cristo é a Imagem perfeita de Deus, o Pai. É através de Jesus que a Imagem de Deus é restaurada em nós.
Perder Jesus, Aquele que nos liga à nossa origem, seria o mesmo que deixássemos eternamente sermos separados de nossa identidade, propósito e destino!
Destino aqui significa a razão pela qual fomos criados, “para sermos conforme a Sua Imagem.” 
Como isto não seria possível, Jesus manter-se naquela sepultura, o que acabamos de dizer aqui é pura conjectura, porque de fato, nossa identidade com o Pai está em Cristo, no Filho “que tem poder para dar e retomar a sua vida.”
 Atos 3:15
15 Vocês mataram o autor da vida, mas Deus o ressuscitou dos mortos. E nós somos testemunhas disso.
Autor (ou Príncipe) da Vida é traduzido “originário”. Sem Cristo, mesmo tendo pais, nunca seríamos capazes de saber quem é o nosso Pai Celestial. E que temos a Sua natureza, do Pai. 
II Pedro 1:2-4: 
3 Seu divino poder nos deu tudo de que necessitamos para a vida e para a piedade, por meio do pleno conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude.
4 Dessa maneira, ele nos deu as suas grandiosas e preciosas promessas, para que por elas vocês se tornassem participantes da natureza divina e fugissem da corrupção que há no mundo, causada pela cobiça.
A – Nosso DNA não revela nosso caráter. Nosso caráter está baseado no Espírito de Jesus que vive em nós.
E nem somos conhecidos por um título, mas por quem é nosso Pai. Se fazemos as coisas que Ele faz. E as fazemos porque somos filhos Dele. 
Mateus 23:6-12
6 gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas,
7 de serem saudados nas praças e de serem chamados 'rabis'.
8 "Mas vocês não devem ser chamados 'rabis'; um só é o Mestre de vocês, e todos vocês são irmãos.
9 A ninguém na terra chamem 'pai', porque vocês só têm um Pai, aquele que está nos céus.
10 Tampouco vocês devem ser chamados 'chefes', porquanto vocês têm um só Chefe, o Cristo.
11 O maior entre vocês deverá ser servo.
12 Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Porque Jesus se identificou com o Pai?
João 3:35
“O Pai ama o Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos.” 
O que Jesus tem dado àqueles que se identificam com Ele e lembram que Pai e Filho são um?  
 Jesus tem nos dado toda autoridade. Porque você conhece o Pai, você fará as cousas do seu Pai. 
João 5:19-20
19 Jesus lhes deu esta resposta: "Eu lhes digo verdadeiramente que o Filho não pode fazer nada de si mesmo; só pode fazer o que vê o Pai fazer, porque o que o Pai faz o Filho também faz.
20 Pois o Pai ama ao Filho e lhe mostra tudo o que faz. Sim, para admiração de vocês, ele lhe mostrará obras ainda maiores do que estas.
Os judeus que ouviram Jesus dizer estas palavras não gostaram desta ligação DELE com o Pai, no minimo, das afirmações que fez em relação a Sua Sua Identidade.
Quando você conhece seu Pai, você tem propósito e direção em sua vida! 
João 13:3-5
3 Jesus sabia que o Pai havia colocado todas as coisas debaixo do seu poder, e que viera de Deus e estava voltando para Deus;
4 assim, levantou-se da mesa, tirou sua capa e colocou uma toalha em volta da cintura.
5 Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura.
Ele sabia porque foi enviado, porque conhecia quem era seu Pai. Você nunca estará sozinho.
João 8:29
“E Aquele que me enviou está comigo, não me deixou só, porque eu faço sempre o que lhe agrada”. 
Você pode dizer “Eu sou filho do meu Pai”, porque: 
1 – Ele é Sua identidade e testifica isto. 
2 – Através de Jesus e não pelo seu DNA. 
3 – É Jesus Quem revela o caráter do Pai e seu. 
Este relacionamento com o seu Pai Celestial trará transformação que mudará a sua vida para sempre. Você é filho do Seu Pai! Mesmo que sofra e até morra, você é indestruível!
Romanos 8:37-39
37 Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
38 Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes,
39 nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.   

(Por Paul Taylor & Josimar Salum)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita deixe seu comentario