ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



quinta-feira, abril 04, 2013

Lucas 22:36



Ele lhes disse: “Mas agora, se vocês têm bolsa, levem-na, e
também o saco de viagem; e se não têm espada, vendam a sua capa

e comprem uma”. Lucas 22:36

 Na primeira missao dos discípulos, Jesus os queria dependentes
de Deus. Por isso ele os enviou sem provisão. Agora, precisam estar
prontos para lidar com a oposição que irão enfrentar. Antes eles
podiam esperar hospitalidade. Agora enfrentarão hostilidade. A
situação mudou dramaticamente e Jesus quer convencer os discípulos
disso. T.W. Manson observou que a referência à espada neste texto
"não diz nada diretamente a respeito da questão de se resistência
armada à injustiça e o mal é justificável".

Provavelmente a referência à espada foi mais uma forma de Jesus mostrar aos
discípulos que o confronto e o conflito estavam iminentes. Ele se
expressou, como era seu hábito às vezes, em termos humanos ao se
referir à espada. Porém, o fato que logo em seguida Jesus limita o
número de espadas a duas, e mais adiante repreende Pedro quando
usou a espada (22:49-51), demonstra que Jesus não estava
incentivando uma defesa ou revolta armada.

O Senhor que podia comandar legiões de anjos para lutar pela sua vida declarou aos
homens que “todos os que empunham a espada, pela espada morrerão”
(Mt 26:52). Como a igreja em Atos demonstrou, as armas de defesa e
ataque dos discípulos foram a fé, a oração e o poder do Espírito
Santo (Atos 4:25-31).

Numa revolução dessas, embora a batalha imediata e visível possa parecer perdida, os seguidores de Jesus
são sempre vencedores. Quais as armas que você está acostumado a
usar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita deixe seu comentario